A PRAÇA

A Praça dá voz a redes, a organizações e a pessoas com ideias e iniciativa.  Valoriza as parcerias e os projectos que visam um desenvolvimento mais sustentável e mais solidário. Para além de site de notícias surge também como  portal de acesso a inúmeras redes, europeias, nacionais e locais.

Informação . ideias . Iniciativas jornalismo cidadão . redes e comunidades de prática. repórteres sociais . opinião

REDE ALDA – Alda Portugal incentiva cooperação europeia e boa governança local

Realizaram-se nos últimos tempos, em Lisboa e no Porto, vários encontros em Portugal com a chancela da ALDA, a associação europeia que incentiva formas de cooperação para o desenvolvimento sustentável, a govenança democrática e participada e a a economia circular como forma de interacção imediata visando uma economia mais solidária.

No Porto tiveram lugar vários encontros: Invest Porto; Câmara Municipal de Gaia e CCDRN – Comissão de Coordenção e Desenvolvimento da Região Norte.

Na Invest Porto,  Luis de Almeida acolheu a delegação da ALDA – Associação Europeia para a Democracia Local no passado dia 28 de Junho às 9h30 nos Paços do Concelho composta por Mario Boaria, Aldo Xhani e Carlos Ribeiro..

O encontro de curta duração teve por finalidade a apresentação mútua e a procura de pontos convergentes e de interesse comum na intervenção que cada entidade realiza na sua esfera de acção.

A ALDA  tem parceiros e membros em 42 países e assume-se como uma rede focada na boa governança local, o que implica para além dos aspectos da cidadania e da participação, uma clara aposta nas formas abertas e partilhadas da economia, da coesão social e da gestão ambiental.

Por outro lado como organização europeia que integra o lote das 23 estruturas que em Bruxelas e Estrasburgo participam activamente no Dialogo Estruturado com a Comissão Europeia está a acompanhar de forma particularmente atenta o início das definições / negociações relativas ao próximo período de programação dos fundos comunitários.
Tendo em conta os interesses e motivações que a própria InvestPorto apresenta nesta fase do seu desenvolvimento foram estabelecid estabelecer algumas metas imediatas:

  • reforçar a informação prestada e melhorar o conhecimento mútuo para identificar de forma ainda mais clara as áreas de potencial actuação convergente;
  • realizar um memorando com os pontos exploratórios que poderão conduzir à acção e à cooperação;
  • concretizar um encontro intermédio em finais de Outubro que consolide, nos termos que forem julgados convenientes, os pontos acima mencionados.
  • apoiar na forma que a CMP entender, eventualmente com alguma menção no dossier técnico da candidatura à Agência Europeia do Medicamento, a existência desta ligações CMP/ALDA.

 

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *