8 de Março, 2021

jornalismo cidadão

Rede de Repórteres sociais

EDUCAÇÃO | Para que serve o júri de certificação?

2 min read

PRAÇA DAS REDES | 9 de janeiro 2021 | EPALE – INFONET Comunidade de Prática | Carlos Ribeiro

Júri de certificação. O tema não é novo. O formato atual de funcionamento nos processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências resulta da sistematização da experiência acumulada ao longo dos anos, desde o início do sistema. Foram estabelecidos procedimentos cuja dinâmica e substância poderá ser útil revisitar atendendo ao novo quadro de realização, imposto como dominante pela pandemia de COVID-19, o JÚRI DE CERTIFICAÇÃO ONLINE.

A intenção de debater o tema no quadro da Comunidade de Prática EPALE – INFONET não se circunscreve ao objetivo de melhorar aspetos técnicos, uniformizar tecnologias ou ajustar outros recursos que o júri a distancia exige por razões óbvias.

Revisitar o JÚRI DE CERTIFICAÇÃO poderá ser um roteiro teórico, metodológico, instrumental e operacional para melhorar a relação dos adultos participantes em processos RVCC com os seus próprios resultados na participação que tiveram ao longo de meses de atividade ligada a educação-formação.

Iremos tentar, coletivamente, desenvolver alguns temas para fomentar o debate e a reflexão para produzir algumas recomendações que poderão estar na base da adopção de melhorias desta atividade.

Conceitos

1- Clarificar ideias e referências. Quando mobilizamos os conceitos de reconhecimento, validação, avaliação, qualificação e certificação, de que estamos a falar?

Justificação

2- Que razões assistem à existência de um júri de certificação se a validação é intrinsecamente a fase de conclusão de um processo baseado na demonstração e na organização-produção de evidências?

Experiências

3- Que experiências de júri online podem ser mobilizadas para indicar novas abordagens ao tema e a formulação de novos objetivos?

Alternativa

4- A realização de uma sessão a distância, que obedece na sua concretização a um modelo escolar, poderia ser substituída por outras atividades, com o mesmo resultado no plano formal, mas com maior impacto na continuidade da relação dos adultos com outros processos de aprendizagem ao longo da vida?

Ao longo do mês de fevereiro procuraremos percorrer estes e outros temas. A participação no debate dos profissionais e dos adultos aprendentes desta área de desenvolvimento é essencial.

Carlos Ribeiro, 9 de fevereiro 2021, Caixa de Mitos | EPALE

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.
error

Enjoy this blog? Please spread the word :)